Poesia: Quantas vidas vive um artista?

Um artista tem uma missão linda, mas nem por isso leve. Como professores, médicos, cuidam de almas. São responsáveis por nos ensinar com suas histórias, mas também podem aliviar nossas dores.
Veja a poesia de Cleiton Freitas e se inspire.


A semeadura do amor

Quando uma alma vos chega às mãos. Encerra no corpo tenro de uma criança, não penseis que se trata de um ser amorfo, para se modelar segundo o figurino que trazeis em mente. A alma que vos chega é semente que volta ao solo da matéria, para germinar uma nova personalidade, mas guarda a reminiscência de todas as personalidades frondosas que já foi, de todos os jardins que já habitou... O Espírito humano em si mesmo é uma semente de divindade, cuja promessa de acabamento e realização se renova a cada revivência no mundo-a cujo desabrochar completo, apenas o suceder dos milênios vai assistir.
Mas quão pouco cuidado, quão pequena reverência, ofertamos ao Espírito que vem habitar um novo corpo! Deveríamos nos sentir honrados pela confiança divina ao depositar em nossas mãos uma alma que se torna novamente embrionária, para recordar em novas condições! Deveríamos corresponder ao crédito que a Providência nos dá, permitindo-nos a oportunidade de ajudar a cultivar o jardim espiritual de um outro ser, pelo processo da Educação! Deveríamos ser agradecidos à bênção de receber na forma de filho, neto, aluno- na aparência suave da criança- um Espírito companheiro, um irmão em humanidade, um peregrino da evolução!

E, no entanto, tantas vezes, tornamos essa bendita oportunidade de um fato corriqueiro, cujo deslumbramento inicial vai pouco a pouco se esvaindo na rotina morna do cotidiano. E vamos transformando a graça de receber um Espírito e a oportunidade de ajudar em sua Educação, na desgraça da indiferença, que vai resultar na catástrofe do fracasso...
É preciso, pois, para ser educador, com a dignidade que esse título merece, jamais perder o encantamento de olhar o outro-o outro-educando-nunca deixar o gosto de descobri-lo, o prazer de cultivá-lo, a graça de reencontrá-lo e de nos tornarmos determinantes em sua vida. Quando digo determinantes, não quero dizer que nos cabe determinar sua personalidade e seu destino. Ao invés, mais eficaz será nossa influência, quanto maior papel tivermos exercido para que a criança se descubra a si própria, se desvende como portadora de talentos inatos, como dona de sua alma e como cumpridora do destino que a trouxe à Terra, para edificação de si própria!
Quanto mais soubermos orientar para que o Espírito se ache, se aperceba de si, mais inesquecível será nossa presença na vida de alguém. E só conquistamos esse poder de entregar o educando a si mesmo, na medida em que nosso amor o acompanhe nessa descoberta de si! Amar é desvendar o mistério profundo do ser- e só quem se aproxima do outro ser humano com o condão mágico do amor, terá a sabedoria de alçá-lo à altura de si mesmo, de ajudá-lo a abrir as portas de seus tesouros mais ocultos.
Que supremo regozijo o de quem consegue amar alguém ao ponto de se tornar uma referência vital para o progresso da alma amada! Que único e verdadeiro poder o de ter a capacidade de entregar o outro a si mesmo, ao que ele tem de melhor dentro de si! As mães têm naturalmente o germe desse poder, que deve ser purificado de suas feições possessivas, para atingir a sublimidade do completo sacrifício de si. Nunca vistes assassinos e tiranos se aquietarem enternecidos no colo materno? Ora, é porque o amor maternal pode alcançar o que há de divino, mesmo no Espírito mais empedernido!
Mas todos podemos e devemos desenvolver esse amor, dentro de nossas almas, pois ele é o reflexo de Deus em nós. Quem não busca possuir esse amor não pode se dedicar ao ato sagrado da Educação. Porque o educador verdadeiro só consegue extrair a luz mais recôndita de seus discípulos, pelo fórceps desse amor, que se empenha pelo ser amado, mas nunca o violenta.
Porfiai por conquistar essa dilatação íntima, que consiste em primeiro lugar numa reverência profunda pela humanidade, numa comunhão íntima com Deus, o Criador que se espelha em todas as criaturas, num sair constante de si mesmo, para buscar o coração alheio... Feliz de quem conhece esse estado de espírito e esparge o perfume desse amor ao reder de seus passos-esse não conhece o cansaço, a ingratidão não o atinge, e todos os esforços feitos, eles os entrega a Deus, o único zelador das sementes semeadas, o único depositário dos frutos que não nos pertencem... Quem assim educa não está preocupado com o resultado imediato de seu empenho, mas sabe entregar à eternidade a esperança da frutificação!...
Maria Montessori, por Dora Incontri, no livro “Educação segundo o Espiritismo”(https://www.facebook.com/brotinhosdeluz)

Paz em casa

Em qualquer casa onde entrardes, dizei antes: “paz seja nesta casa”. (Lucas 10:5)

Compras na terra o pão e a vestimenta, o calçado e o remédio, menos a paz.
Dar-te-á o dinheiro residência e conforto, com exceção da tranquilidade de espírito.
Eis porque nos recomenda Jesus venhamos a dizer, antes de tudo, ao entramos numa casa: “paz seja nesta casa”.
A lição exprime vigoroso apelo à tolerância e ao entendimento.
No limiar do ninho doméstico, unge-te de compreensão e de paciência, a fim de que não penetres o clima dos teus, à feição de inimigo familiar.
Se alguém está fora do caminho desejável ou se te desgostam arranjos caseiros, mobiliza a bondade e a cooperação para que o mal se reduza.
Se problemas te preocupam ou apontamentos te humilham, cala os próprios aborrecimentos, limitando as inquietações.
Recebe a refeição por bênção divina.
Usa portas e janelas, sem estrondos brutais.
Não movas objetos, de arranco.
Foge à gritaria inconveniente.
Atende ao culto da gentileza.



Há quem diga que o lar é ponto do desabafo, o lugar em que a pessoa se desoprime. Reconhecemos que sim; entretanto, isso não é razão para que ele se torne em praça onde a criatura se animalize.
Pacifiquemos nossa área individual para que a área dos outros se pacifique.
Todos anelamos a paz do mundo; no entanto, é imperioso não esquecer que a paz do mundo parte de nós


Emmanuel (Psicografia de Chico Xavier)

Datas Especiais Espíritas de Dezembro

Dezembro

Data
Evento Histórico
01/12/1962
Fundação da Federação Espírita do Distrito Federal
02/12/1866
Nasce na Bahia, José Florentino de Sena, conhecido como José Petitinga
04/12/1935
Desencarna Charles Richet
10/12/1944
É fundada a Cruzada dos Militares Espíritas
10/12/1835
Nasce em Sevilha, Espanha, Amália Domingos Soler
10/12/1944
Inaugurada a sede própria da FEB, no Rio de Janeiro, por Leopoldo Cirne
10/12/1874
Nasce no Ceará, em Icó, Manuel Vianna de Carvalho
11/12/1762
Nasce em salvador, BA, Joana Angélica (Joanna de Ângelis)
15/12/1859
Nasce Lázaro Luiz Zamenhof, criador do Esperanto
16/12/1945
É fundada por Jésus Gonçalves a Sociedade de Santo Agostinho, no Hospital Colônia para Hansenianos de Pirapitingui
24/12/1872
Nasce Francisco Waldomiro Lorenz, escritor e pesquisador sobre Esperanto e Espiritismo
24/12/1900
Nasce em Rio das Flores, RJ, Yvonne do Amaral Pereira
31/12/1828
Professor Denizard Rivail lança sua obra “Plano Proposto para Melhoramento da Instrução Pública”

Sugestões para serem trabalhadas:

Fundação da Federação Espírita do DF


Aeroporto Internacional de Brasília á Feb DF (google maps)

Sede Própria Feb RJ

Datas Espíritas Especiais Novembro

Novembro

Data
Evento Histórico
01/11/1918
Desencarna em Sacramento, MG, Eurípedes Barsanulfo
06/11/1835
Nasce em Verona, Itália, César Lombroso
10/11/1923
Nasce o médium João Nunes Maia
10/11/1835
Nasce em Sevilha, Espanha, Amália Domingo Soler
14/11/1849
As irmãs Fox realizam as primeiras demonstrações em público de suas faculdades mediúnicas
14/11/1876
Nasce na Bahia, Manoel Philomeno de Miranda
15/11/1839
Tem início o 1º Congresso Brasileiro de Jornalistas Espíritas, no Rio de janeiro
22/11/1904
É descoberto em Hydesville, EUA, nos escombros de uma adega, o esqueleto do mascate ali assassinado, comprovando a mediunidade das irmãs Fox
15/11/1942
Surge em Franca, SP, o jornal Nova Era
20/11/1919
Desencarna Francisco Raimundo Ewerton Quadros, primeiro presidente da FEB
23/11/1795
Nasce Amélie Gabrielle Boudet, esposa de Allan Kardec
29/11/1982
Desencarna em São Paulo, Edgard Armond

Sugestões para serem trabalhadas em sala:

Quem foi Amália Domingo Soler?





Quem foi Edgard Armond?



(Mega livros)





Datas Especiais Espíritas Outubro

Outubro

Data
Evento Histórico
03/10/1804
Nasce, na França, Hippolyte Léon Denizard Rivail, mais tarde conhecido como Allan Kardec, codificador do Espiritismo
05/10/1949
É assinado, na FEB – Federação Espírita Brasileira, o Pacto Áureo, criando o Conselho Federativo Nacional do movimento espírita
09/10/1861
Em Barcelona, Espanha, são queimadas 300 obras (volumes) espíritas pela Inquisição, num auto de fé
10/10/1895
Desencarna no Rio de Janeiro, Bittencourt Sampaio, notável médium receitista
11/10/1966
Desencarna Pedro de Camargo (Vinícius)
18/10/1943
Desencarna no Rio de Janeiro, Luiz Olímpio Guillon Ribeiro
22/10/1922
Reencarna, em Mateus Leme, MG, Irma de Castro Rocha, mais conhecida por Meimei

Sugestões para serem trabalhadas:

Quem foi Allan Kardec?





O que foi o Pacto Áureo?


Signatários do Pacto áureo



O que foi a queima de livros espíritas?





Quem foi Meimei?







Datas Especiais Espíritas de Setembro

Setembro

Data
Evento Histórico
04/09/1991
Desencarna João Nunes Maia
05/09/1892
Desencarna Willian Stainton Moses, médium de efeitos físicos
06/09/1881
Realiza-se o 1º Congresso Espírita do Brasil
08/09/1886
É realizado o 1º Congresso Espírita Internacional, em Barcelona, Espanha
09/09/1932
Fundada a Federação Espírita do Estado de Sergipe
22/09/1868
Nasce no Rio de Janeiro, Cairbar de Souza Schutel
25/09/1914
Nasce em Avaré, SP, José Herculano Pires

Sugestões para se trabalhar em sala de aula:

Quem foi João Nunes Maia?



João Nunes Maia - o médium da fórmula da pomada Vovô Pedro

Quem foi Cairbar Schutel?








Datas Especiais Espíritas de Agosto

Data
Evento Histórico
01/08/1865
É lançada a obra O Céu e o Inferno, de Allan Kardec
02/08/1873
Fundado no RJ, o Grupo Confúcio, primeira entidade jurídica do Espiritismo no Brasil
03/08/1895
Bezerra de Menezes assume a presidência da Federação Espírita Brasileira
04/08/1969
Desencarna em Niterói, Carlos Imbassahy
15/08/1952
Inaugurada a Mansão do Caminho, em Salavador, BA
16/08/1886
Bezerra de Menezes, durante uma conferência que pronunciava, expõe publicamente pela primeira vez sua fé no Espiritismo
19/08/1936
Lançado o 1º programa espírita radiofônico do Brasil, por Cairbar Schutel, em Araraquara, SP
28/08/1912
Em Esplanada, BA, nasce Urbano de Assis Xavier, médium de materializações e curas
29/08/1831
Nasce no Ceará, na Freguesia de Riacho de Sangue, Bezerra de Menezes

Sugestões para serem trabalhadas em sala:
Livro o Céu e o Inferno




Evangelização Espírita tema: paraíso, inferno e purgatório

Quem foi Urbano de Assis Xavier?











Datas espiritas de Julho

Julho

Data
Evento Histórico
01/7/1869
1a. edição de “Eco de Além Túmulo”, jornal espírita criado por Luiz Olimpio de Menezes.
01/07/1898
Sai o primeiro número da Revista de Estudos Psíquicos da Sociedade de Estudos Psíquicos, em São Paulo - SP.
02/07/1843
Desencarna em Paris o criador da Homeopatia Samuel Frederico C. Hahenemann.
04/07/1948
Desencarne de Monteiro Lobato.
06/07/1881
Aparece a primeira edição do jornal espírita “A Cruz”.
06/07/1932
Aparece a primeira edição do livro “Parnaso de Além Túmulo”, pela mediunidade de Chico Xavier.
07/07/1930
Desencarne de Arthur Conan Doyle, criador do famoso detetive Sherlock Holmes. Adepto do Espiritismo, Conan Doyle escreveu “A História do Espiritismo”.
08/07/1938
A revista norte-americana "The Two Worlds" publica mensagem de Caírbar Schutel, através da médium inglesa Mary Wood, com recado fraterno ao seu amigo português Frederico Duarte.
09/07/1918
Desencarna na Itália a famosa médium Eusápia Paladino.
09/07/1925
Desencarne de Aristides de Souza Spínola, que ocupou a presidência da Federação Espírita Brasileira.
12/07/1891
Nascimento, em Minas Gerais, do esperantista Ismael Gomes Braga.
12/07/1902
Nascimento de Jésus Gonçalves. Hanseniano, internado na colônia de Pirapitingui, dirigiu um Centro Espírita naquele local.
12/07/1936
É fundada nesta data a Federação Espírita do Estado de São Paulo.
13/07/1967
Abertura do I Congresso de Mocidade do Rio de Janeiro, no auditório do jornal " O Globo", promovido pela Liga Espírita do Rio de Janeiro.
14/07/1924
Desencarne de Gustav Geley; fundou o Instituto Metapsíquico Internacional..
15/07/1876
Na Inglaterra, é realizada uma reunião de efeitos físicos com o médium Slade, em plena luz do dia, quando um Espírito se materializa à vista de todos os presentes.
15/07/1880
É fundado o Grupo Ismael, no Rio de Janeiro.
16/07/1193
Itália, nasce Clara, em Assis, religiosa do tempo de Francisco de Assis, vivido também por Joanna de Ângelis, Guia Espiritual do médium Divaldo; desencarnou na mesma cidade, em 11/08/1253.
17/07/1919
Desencarne de William Crookes, físico de renome internacional, descobridor da energia radiante, tornou-se espírita ao estudar os fenômenos de materialização do espírito Katie King.
18/07/1948
Inaugurado o Hospital Espírita de Marília, em Marília, SP, com 200 leitos; fundado por Eurípedes Soares da Rocha.
19/07/1925
É fundado do Rio de Janeiro o Grupo Espírita Vicente de Paulo, hoje, com sede própria na Rua Nossa Senhora das Graças, 364 no bairro de Ramos.
20/07/1918
Desencarne da médium Elizabeth D*Esperance.
21/07/1895
Fundação do Centro Espírita Caridade de Jesus, em São Francisco do Sul, SC, pelo Prof. Joaquim Antônio de S. Thiago.
21/07/1964
Desencarne de Porto Carreiro Neto, médium e esperantista.
23/07/1949
Abertura solene do Congresso Nacional Espírita da França, na sede da União Espírita Francesa, em Paris, França, com o tema central a "Inteligência dos Animais", sendo Presidente o Sr. Henri Regnault.
25/07/1928
Nascimento do médium, orador e escritor espírita Newton Boechat. Escreveu, entre outros, o livro “O Espinho da Insatisfação”.
26/07/1825
Nascimento de Luis Olímpio Telles de Menezes, fundador do “Grupo Familiar do Espiritismo”.
26/07/1969
Por solicitação da FEB, o Departamento de Correios e Telegráfos lança um selo comemorativo do I Centenário da Imprensa Espírita no Brasil.
28/07/1890
Na Inglaterra, em reunião de efeitos físicos, com a médium Elizabeth D'Esperance, materializa-se um lírio dourado, com 7 pés de altura, estando presentes vários cientistas, entre os quais o Prof. Alexandre Aksakof.
29/07/1926
Fundação do Centro Espírita "Francisco de Jesus Vernetti", em Pelotas, RS.
30/07/1943
Desencarna João Pinto de Souza.
30/07/1932
Fundação, em Juiz de Fora, Minas Gerais, da revista “O Médium”

Sugestões para serem trabalhadas em sala:

1ª edição do livro Parnaso Além túmulo - Chico Xavier


Música: Parnaso Além túmulo

SBEBM - Sugestão de leitura

Quem foi Clara de Assis?


Santa Clara

Quem foi de Luis Olímpio Telles de Menezes?